terça-feira, 26 de setembro de 2017

O Regresso e um bolo para celebrar

Olá bom dia com alegria... e muitas saudades vossas... :)
Puxa vida... no meio de tanta confusão... férias repartidas por pedacinhos... avarias de carro uma duas e três vezes... preguiça muita... muito trabalho... muito cansaço... um curso de aptidão profissional de uma semana que mais parecia um mês...  e também muitas alegrias...  estar junto da família... dos amigos e em casa... a nossa... o tempo foi passando e passando e eu sempre deixava para amanhã o tão desejado regresso...
A cozinha essa esteve sempre a funcionar... e de lá sairam muitas coisas boas.... umas que consegui fotografar a tempo e que agora vou partilhando aos poucos.... outras onde não sobrou nada para ficar na história.... enfim... assim se tem vivido nesta casa.... hehehehehe.... uma verdadeira confusão...
Mas hoje foi o dia... até porque recuso-me a fechar este cantinho.... :)
E nada melhor que um delicioso bolo para celebrar.... o regresso.... Um Bolo de Framboesas e chocolate preto....  






Ingredientes:
100g de manteiga sem sal, aos pedaços
1/2 chávena de açúcar
1/4 chávena de leite
200g de chocolate preto cortado aos pedaços
2 ovos
2 chávenas de farinha sem fermento
1 colher de chá de fermento
1 chávena de framboesas 





Preparação:
Aqueça o forno a 180ºC.
Forre uma forma com papel vegetal, reserve.
Coloque a manteiga, o açúcar, o leite e metade do chocolate preto numa panela pequena em lume baixo.
Cozinhe, mexendo por 4 a 6 minutos ou até o chocolate derreter.
Deite a mistura para uma tigela e deixe arrefecer ligeiramente.
Junte os ovos, a farinha e o fermento na mistura de chocolate.
Incorpore delicadamente.
Junte as framboesas e o restante chocolate preto, envolva.
Deite a massa na forma preparada.
Leve ao forno 20 a 30 minutos ou até que um palito inserido no centro saia somente com algumas migalhas húmidas agarradas.
Retire do forno e deixe arrefecer antes de servir. 

Acompanhar com iogurte natural, framboesas e raspas de chocolate.




Resultou num delicioso bolo desde a preparação até ao último bocadinho desaparecer... 
Parece uma mousse e apetece comer todinha antes de ir ao forno heheheheh.... mas se conseguirmos resistir somos compensados pois o sabor é realmente saboroso e a consistência é mesmo essa fofa... Um casamento perfeito com o iogurte e as framboesas frescas...

A receita já é antiga cá no blog.... apenas troquei o chocolate branco por chocolate preto... e todos... eu e o chef cá de casa... adoramos o resultado... a repetir sem sombra de dúvida...
E com este fantástico bolo regressamos...
De resto tudo se mantém igual... as viagens continuam... apenas o tempo vai mudando... uns dias sol... outros chuva... e as noites que teimam em ser frias e silenciosas.... 
Desejamos a vinda do fim de semana para pôr o descanso em dia...
Um grande abraço nosso e um obrigado do fundo do coração por estarem sempre presentes mesmo quando nós estamos ausentes....


sexta-feira, 31 de março de 2017

A pedido do chef hoje temos sardinha petinga...

Bom dia com alegria...
E cá estamos nós uma vez mais....
Num abrir e fechar de olhos já estamos no fim de Março... 
Daqui a nada já estamos na Pascoa e a saborear os deliciosos folares....
E isso tudo significa que daqui a nada estamos de férias outra vez... que bom....
Sempre que a cara metade vai comigo fazer as compras pergunto-lhe se lhe apetece algo especial para levar para casa...
Esta semana não foi exceção... O chef depois de dar umas voltas pelo supermercado foi à peixaria e saiu de lá com um saco cheio de coisas boas.... 
Entre elas umas pequeninas e deliciosas sardinhas...
"Hoje apetece-me sardinhas fritas com arroz de tomate..."
E prontos.... esta decidido... a pedido do chef hoje temos Risoto de tomate com sardinhas petinga.... uma sugestão perfeita para mais uma sexta feira de quaresma....




Ingredientes:
Para o risoto:
150g de risoto
½ chávena de vinho branco
azeite virgem extra
1 cebola pequena
2 dentes de alho esmagados
1 litro de caldo de legumes
sal e pimenta de moinho
um pouco de sumo de limão
manteiga
queijo parmesão
salsa picada

Molho de tomate:
1 embalagem de tomate triturado
azeite virgem extra
orégãos
½ colher de sopa de açúcar
1 pitada de sal
pimenta de moinho

Para as sardinhas:
sardinhas petingas q.b.
2 ovos
farinha
pão ralado
2 limões
sal e pimenta de moinho
óleo para fritar
uns raminhos de salsa




Preparação:
Para o molho de tomate, colocar o tomate triturado ao lume com uma colher de sopa de azeite, 1 colher de sopa de orégãos, o açúcar, a pimenta de moinho e uma pitada de sal.
Deixar cozinhar em lume brando por 25 minutos, mexendo de vez em quando.
Reservar.
Para as sardinhas, lavar e secar as sardinhas com ajuda de papel de cozinha.
Bater os ovos ligeiramente e temperar com um pouco de sal e pimenta de moinho.
Passar as sardinhas pela farinha, depois pelo ovo batido e por fim pelo pão ralado.
Fritar em óleo bem quente até ficarem douradas a gosto.
Retirar e deixar repousar sobre papel absorvente.
Para o arroz:
Preparar o caldo de legumes.
Costumo utilizar a água de cozer legumes que servem de acompanhamento para outra refeição.
Manter quente enquanto faz o risoto.
Fazer um refogado com a cebola picada e 2 dentes de alho esmagados, em lume brando para não queimar.
Adicionar o risoto e deixar fritar, mexendo sempre, até ficar translucido.
Adicionar o vinho branco. Mexer sempre até o vinho evaporar.
Em seguida, juntar aos poucos o caldo de legumes, mexendo e deixando sempre ser absorvido pelo arroz, antes de acrescentar mais um pouco.
Quando o arroz estiver quase pronto, juntar o molho de tomate e deixar acabar de cozer.
Temperar de sal e pimenta de moinho.
Retirar do lume, juntar e bater a manteiga, o queijo, a salsa picada e o sumo de limão.
Tape e deixe repousar 1 minuto.
Servir o arroz acompanhado com as sardinhas e polvilhados com salsa picada e com uns gomos de limão.



Resultou numa fantástica combinação de sabores e texturas.... 
O risoto estava perfeito....cremoso.... e não estava ácido...
Ao principio não tinha a certeza de como fazer risoto de tomate... não sabia se tinha que juntar antes o tomate ou depois....  
Sabia que um risoto não podia ser um simples arroz de tomate.... tinha que ser cremoso e com o tomate cozinhado na perfeição....
Depois de pensar um pouco decidi fazer o meu molho de tomate preferido e acrescenta-lo  no fim... 
Em boa hora o pensei e o fiz...
As sardinhas ficaram bem saborosas e crocantes... o casamento perfeito....
O chef cá de casa deliciou-se e aprovou sem pestanejar esta fantástica refeição...
Adoro quando ele me ajuda a decidir o que vai ser o almoço... e adoro quando no final recebo um elogio.... " Estava delicioso"....
Sim.... uma vez mais fiquei com um sorriso de orelha a orelha....
Afinal... comer peixe pode ser divertido... saboroso... e super fácil...
Nós por cá andamos... as viagens essas são uma mistura de rotina e coisas novas....
Continuamos com sol... chuva.... frio.... e montes de roupa no camião....
O melhor de tudo isto é a água do pote onde lavamos a loiça no camião estar agradavelmente quente.... Podia estar assim no Inverno... ;)
Bem.... um grande abraço nosso e até ao regresso...
 

terça-feira, 21 de março de 2017

Peitos de frango para receber a primavera...


Bom dia com alegria... :)
E com alegria também damos as boas vinda à Primavera...
Por estes lados (da bonita Cantábria) a Primavera chegou um pouco molhada e com um pouco de vento...
As noites continuam frias e os dias vão alternando sol e chuva... à vontade do freguês...
Enquanto isso, chega a hora do almoço, e no frigorífico existem peitos de frango e um molhinho de hortelã...
E num abrir e fechar de olhos sai uma refeição saborosa e refrescante perfeita para sair da rotina...
Por isso hoje temos Peitos de frango com cuscus e hortelã...





Ingredientes :
2 peitos de frango
½ cebola cortada em gomos
azeite virgem extra
sal e pimenta de moinho
alho em pó
gengibre em pó
tomilho seco
ervas de Provence
½ cálice de vinho branco

Para os cuscus:
1 medida de Cuscus
1 medida de agua
1 pau de canela
1 colher de sopa de manteiga
uvas passas brancas
tâmaras secas
1 raminho de hortelã




Preparação:
Pré aqueça o forno a 180ºC.
Num tabuleiro colocar a cebola e um fio de azeite.
Limpar e secar os peitos de frango.
Colocar os peitos de frango no tabuleiro e temperar com sal, a pimenta de moinho, o alho em pó, o gengibre em pó, o tomilho e as ervas aromáticas a gosto.
Regar com um fio de azeite e o vinho branco.
Levar ao forno até ficar cozinhado e dourado a gosto (aproximadamente 30 minutos).
Entretanto preparar os cuscus.
Levar a agua ao lume.
Quando ferver juntar o pau de canela e deixar ferver por dois minutos.
Retirar a canela e adicionar os cuscus.
Deixar repousar por cinco minutos.
Acrescentar a manteiga e separar os grãos com a ajuda de um garfo.
Juntar as uvas passas e as tâmaras picadas.
Polvilhar com a hortelã picada reservando um pouco para decorar.
Reservar.
Quando os peitos de frango estiverem cozinhados retirar do forno e deixar repousar por dois minutos.
Cortar em fatias e colocar por cima dos cuscus.
Polvilhar com o resto da hortelã e regar com o molho de assar o frango.


Gostei bastante do resultado final...
A carne ficou muito saborosa.... e casou na perfeição com os cuscus...
A hortelã deu-lhe um sabor fresco e aromático....
Uma boa maneira de sair da rotina...
E assim vamos andando... As viagens essas também são uma mistura de conhecido e desconhecido...
Umas vezes mais depressa outras vezes mais devagar....umas vezes com mais trabalho....outras sem trabalho nenhum... mas sempre com um sorriso de orelha a orelha...
Afinal... objetivo cumprido.... clientes satisfeitos.... patrão satisfeito....
Um grande abraço nosso e até ao regresso... 

sexta-feira, 10 de março de 2017

Comer peixe pode ser divertido...

Olá... Bom dia com alegria...
Num abrir e fechar de olhos a semana está a terminar... e que bem vai saber descansar e recarregar baterias... 
A sugestão de hoje vem provar que comer peixe pode ser divertido e saboroso...
Comer peixe para nós não é sacrifício nenhum... Cá por casa todos nós gostamos muito de peixe seja ele qual for... e seja ele de que maneira for cozinhado...
Desde que fomos trabalhar para a Galiza para uma empresa de transporte de peixe, que a nossa relação com o peixe melhorou... Ficámos a conhecer muitas mais variedades de peixe... e aprendemos a gostar de peixe mesmo daqueles que ninguém gosta... mas sobretudo aprendemos os costumes das zonas onde o peixe abunda...
Afinal basta ter imaginação e sair da rotina para sermos presenteados com receitas deliciosas e fantásticas...
E para esta sexta feira de quaresma... sugerimos um delicioso Risotto de espinafres com filetes de Cavala grelhados....  





Ingredientes:
Para o risotto:
150g de risotto
½ chávena de vinho branco
azeite virgem extra
1 cebola pequena
2 dentes de alho esmagados
1 litro de caldo de legumes
100g de espinafres congelados
sal e pimenta de moinho
um pouco de sumo de limão
manteiga
queijo parmesão ralado
salsa picada


Para os filetes de cavala:
2 cavalas arranjadas e cortadas em filetes
4 dentes de alho esmagados
Sumo e raspa de 1 limão
Sal e pimenta de moinho
1 molhinho de ervas aromáticas frescas ( salsa, alecrim, tomilho e menta)
Azeite virgem extra



Preparação:
Num almofariz juntar as ervas aromáticas cortadas em pedaços um pouco de sal, pimenta de moinho, um fio de azeite, os alhos esmagados, o sumo e a raspa do limão.
Triturar e barrar os filetes de cavala com a mistura.
Deixar repousar pelo menos 1 hora.
Preparar o caldo de legumes.
Costumo utilizar a água de cozer legumes que servem de acompanhamento para outra refeição.
Manter quente enquanto faz o risotto.
Fazer um refogado com a cebola picada e 2 dentes de alho esmagados, em lume brando para não queimar.
Adicionar o risotto e deixar fritar, mexendo sempre, até ficar translucido.
Adicionar o vinho branco. Mexer sempre até o vinho evaporar.
Em seguida, juntar aos poucos o caldo de legumes, mexendo e deixando sempre ser absorvido pelo arroz, antes de acrescentar mais um pouco.
Quando o arroz estiver quase pronto, juntar os espinafres e deixar acabar de cozer.
Temperar de sal e pimenta de moinho.
Retirar do lume, juntar e bater a manteiga, o queijo, a salsa picada e o sumo de limão.
Tape e deixe repousar 1 minuto.
Enquanto o arroz se prepara, grelhar os filetes de cavala.
Servir o arroz acompanhado com os filetes grelhados polvilhados com salsa picada e com uns gomos de limão.


Resultou numa refeição equilibrada e muito saborosa...
Os filetes ficaram muito saborosos... e o arroz estava perfeito...
A frescura do limão tanto no risotto como nos filetes realça os seus sabores...
Aprovado cá pelo chef... 
Uma maneira simples e saborosa de sair da rotina.... 
E por cá espera-se a chegada do fim de semana para pôr o descanso em dia...
Um abraço nosso e um final de semana perfeito.... ;)