segunda-feira, 30 de novembro de 2020

E chegou o Advento...

Bom dia com alegria...

E num abrir e fechar de olhos já estamos no Advento...

O Advento significa tempo de preparação e alegria... tempo de espera e expectação...

Este ano o Advento tem por isso um significado muito especial... a chegada de melhores tempos...

Eu tenho Fé... e acredito...

Acredito que todos juntos vamos conseguir chegar lá...

E enquanto não chega o Natal vamos continuando dia após dia com os nossos afazeres... formulando a nossa lista de desejos... e prioridades...

E nos entretantos hoje deixo uma deliciosa sugestão... Um Arroz Caldoso ''montañés'' com picantones e cogumelos



Ingredientes:

200g de arroz carolino

2 picantones

600g de cogumelos variados ( utilizei cogumelos de Paris e Portobelo)

1 cebola

2 dentes de alho

2 tomates maduros (utilizei 1/2 lata de tomates maduros em pedaços)

1,5l de caldo de galinha (utilizei caldo de legumes )

salsa

3 colheres de azeite virgem extra

sal q.b.

pimenta moída q.b.




Preparação:

Limpar e cortar os picatones em pedaços.

Limpar os cogumelos e cortá-los em pedaços.

Picar a cebola e o alho, reservar.

Ralar os tomates e reservar.

Aquecer um fio de azeite num tacho, juntar os pedaços de picantones, temperar com um pouco de sal e pimenta moída e dourar a lume médio dos dois lados.

Retirar e reservar.

No mesmo azeite saltear os cogumelos. Retirar e reservar também à parte.

Juntar no tacho um fio de azeite e a cebola picada, cozinhar em fogo lento até ficar translucida.

Acrescentar o alho e cozinhar dois minutos mais.

Juntar o tomate e cozinhar até que reduza um pouco.

Temperar de sal e pimenta, juntar o arroz e cozinhar um minuto mexendo sempre.

Incorporar os picantones e os cogumelos, mexer e juntar o caldo quente.

Deixar ferver a lume forte e quando ferver baixar o lume e deixar cozinhar durante aproximadamente 18 minutos.

Retirar o tacho do lume e deixar repousar o arroz por 4 minutos.

Servir quente e polvilhado com a salsa picada.






Resultou num saboroso arroz... mas também sou suspeita... pois eu adoro arroz... seja ele como for... 

A sugestão veio da revista Cocina da Lecturas n·113 Edição Especial de Natal

A receita original pedia meio frango, mas eu assim que vi os picantones no supermercado resolvi experimentar.

Utilizei arroz carolino porque eu adoro arroz caldoso com este arroz. Aqui por Espanha não se encontra este arroz e sempre que vou a Portugal trago sempre para repor o stock.

O chef gostou bastante e claro... eu fiquei feliz e com um sorriso de orelha a orelha...

Claro que o que sobrou veio esta semana de viagem connosco... para saborear num outro dia qualquer num lugar qualquer...


E as nossas viagens continuam... dentro da mesma rotina... 

Esta semana começa hoje... e de dia... e isso sim é fantástico...

Um grande abraço nosso e até ao regresso




segunda-feira, 2 de novembro de 2020

Um novo começo... num ano diferente...

Bom dia com alegria...
Estar de volta depois de tanto tempo... tem um sabor especial... 
Passaram mais de dois anos desde a última partilha e tanta coisa aconteceu...  
Umas boas... e outras menos boas... 
Sem darmos conta estamos no meio de uma pandemia que tanto nos ensinou... 
Num abrir e fechar de olhos começamos a valorizar pequenas coisas... e grandes pessoas...
Valorizamos momentos especiais com pessoas únicas e insubstituíveis... 
Aprendemos que devemos cuidar de nós... e dos que estão junto de nós...
Aprendemos que menos é mais...
Descobrimos que cada gesto importa... 
Descobrimos que a saúde de cada um de nós é um bem precioso...
Valorizamos serviços essenciais... e as pessoas que estão por de trás de cada um deles...
Aprendemos que o ontem já foi... o amanhã ainda está para chegar e o que realmente importa é o hoje... o aqui... e o agora... 
Mas o mais importante de todos... aprendemos a agradecer... 
Sim... agradecer deveria de ser um exercício obrigatório de todos os dias... Este exercício permite-nos começar o dia com muita mais energia e preparados para enfrentar tudo aquilo que nos esta destinado...
E se a isto tudo juntamos um bom pequeno almoço... nada nos vencerá..
E para começar... nada como umas deliciosas Panquecas de especiarias com maças cozidas 
 



Ingredientes:
2 chávenas de farinha espelta
1 1/2 colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de canela em pó 
1/2 colher de chá de cardamomo em pó
1 colher de chá de curcuma em pó
uma pitada de noz moscada em pó
1/2 colher de chá de erva doce 
uma pitada de flor de sal
1 colher de sopa de mel
2 colheres de sopa de flocos de aveia 
3/4 de chávena de leite
3/4 de chávena de iogurte natural
1 colher de chá de essencia de baunilha 
1 ovo batido
 
Para as maçãs:
4 maçãs descascadas e em meias luas
2 colheres de sopa de mel
1 colher de açucar moreno
1 colher de chá  de essencia de baunilha
2 colheres de chá de agua  
algumas folhas de hortela para decorar
 



Preparação:
Numa taça grande junte a farinha, o fermento, as especiarias e o sal.
Junte o mel, a aveia e misture.
Faça um buraco no meio e adicione o leite, o iogurte,  o ovo e a baunilha.
Misture apenas para incorporar.
Reserve.
Leve uma frigideira anti aderente ao lume.
Coloque colheradas de massa para formar as panquecas do tamanho que desejar.
Quando começarem a formar bolinhas à superficie estão prontas a virar.
Repita até acabar a massa.
Colocar numa frigideira as maçãs, o mel, o açúcar , a essencia de baunilha e a água.
Cozinhe até a maçã ficar dourada e cozida. 
Acompanhe as panquecas com as maçãs e decore com umas folhas de hortelã.
Se necessário regue com um fio de mel ou maple syrop.






Resultaram numas deliciosas panquecas, com um aroma perfeito...
Suaves... pouco doces... e muito saudáveis... casaram na perfeição com as maçãs cozidas, ligeiramente caramelizadas...
A hortelã dá-lhe um toque fresco... 
sugestão veio do blog da Mafalda Pinto Leite. 
Utilizei farinha de espelta porque gosto muito das panquecas de espelta. Adaptei ao que havia cá em casa, acrescentei uma ou outra especiaria e como não tinha bananas... acompanhei com maçãs cozidas.
Gostei bastante do resultado final...

Gracias Javier por animarme a volver... gracias por estar siempre ahí para leer mis recetas... Sé que tu día siempre comienza con un café... pero te aseguro que estas tortitas son maravillosas... y convierten un día gris en un día soleado.... ;)
E assim se começa mais um ciclo... de partilhas... e de momentos únicos em volta da mesa com aqueles que nos são especiais... onde todos os dias alimentamos esta paixão... 
Um grande abraço nosso e até breve...



quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Petiscos perfeitos para partilhar... e as férias...

Bom dia com alegria...
O bom das férias é sem duvida poder estar junto da família e dos amigos... e poder partilhar com eles momentos de alegria e historias... à volta da mesa... ou fora dela...
Talvez por não os ter junto a nós todos os dias... talvez por sermos só dois cá em casa... não sei... sempre que chegam as férias preferimos estar por casa e matar saudades... deixando para um segundo plano a descoberta de novos lugares neste bonito país que é o nosso...
Este ano não foi excepção... 
Houve família que nos visitou cá na bonita Cantabria... De 2 passamos a ser 10... foi mesmo fantástico...
Houve família que visitamos... 
Houve amigos...  que nos visitaram... e juntos fizemos historias e guardamos memórias para mais tarde recordar... 
Houve passeio de moto... e muita diversão... e um rabo quadrado de tanto andar em duas rodas...
Houve descanso.... e algum trabalho...
Enfim... foram umas férias perfeitas...
Tão perfeitas que quando regressamos ao mundo das 12 rodas e às suas rotinas não nos lembrávamos da matricula da Panxita... 
Por mim podíamos estar de férias dias e dias e dias e dias...
Este ano houve também muitas experiências na cozinha...
Experiências perfeitas para partilhar entre família e amigos...
Por isso a sugestão de hoje são umas deliciosas... Espetadinhas Caprese... e umas inesquecíveis Tostas de sardinha com maionese e pimentos assados... 




Espetadinhas Caprese



Ingredientes ( para 6 pessoas):
150g queijo minimozarela
20 tomates cereja
20 folhas de manjericao 
5 fatias de presunto
30ml de azeite virgem extra
Sal e pimenta preta q.b. ( utilizei uma mistura de 5 pimentas)



Preparação:
Cortar o tomate ao meio.
Colocar num espeto metade do tomate, uma folha de manjericão, uma bola de mozarela, um pedaço de presunto e, por fim, a outra metade de tomate. Repetir a operação para o restante tomate.
Colocar as espetadas numa travessa.
Temperar o azeite com sal e pimenta a gosto. Mexer.
Na altura de servir, regar as espetadas com o azeite.


Tostas de sardinha com maionese e pimentos assados 



Ingredientes (para 4 pessoas):
70g de maionese
1 colher de chá de mostarda em grão à antiga (eu utilizei um pouco mais)
4g de cebolinho fresco
1/2 dente de alho (utilizei alho em pó)
Sal e pimenta branca q.b.
2 latas de sardinhas em conserva sem pele e sem espinhas (as minhas tinham pele e espinhas :) )
50g de pimentos piquilhos assados em conserva 
12 tostas retangulares para servir 



Preparação:
Cortar o pimento assado em tiras finas e reservar.
Misturar a maionese com a mostarda, o dente de alho espremido e acrescentar o cebolinho picado. Temperar com sal e pimenta a gosto.
Barrar as tostas com o preparado anterior.
Em cada tosta, colocar uma sardinha.
Pôr duas tiras de pimento por cada tosta e servir.

Gostamos bastante destes petiscos....
As espetadas são muito frescas e cheias de sabor... 
E as tostas... ai as tostas... são uma verdadeira tentação... O impossível é parar de comer...
Nós por cá ficamos fãs... A combinação de texturas e sabores é perfeita... 
É uma sugestão perfeita para partilhar em família ou entre amigos... pois são ingredientes que podemos ter em casa guardados e prontos para utilizar em situações express e não só... 
A sugestão veio integralmente do livro delicioso e fantástico da Isabel do blog Cinco Quartos de Laranja  "O livro de petiscos da Isabel" da Marcador.
Folhear este livro é viajar num mundo delicioso e tentador... 
Recomendo sem sombra de duvida...
E agora já na rotina das 12 rodas... as viagens regressam... 
E já desejamos a chegada do fim de semana para preguiçar...
Um grande abraço nosso e até ao regresso...


terça-feira, 5 de junho de 2018

Nuvens... para todos os gostos e um delicioso Salmão...

Bom dia com alegria e muitas nuvens...
Nestes dias por cá as nuvens têm sido as protagonistas....
Uns dias vêm acompanhadas de água... outros com um calor fora do normal... outros dias deixam o sol espreitar para dar os bons dias... e por fim chegam aqueles dias em que queres algo mais que nuvens e só tens nuvens e mais nuvens e nem uma brisa de ar para dar o ar da sua graça tens...
Ou seja... nuvens para todos os gostos...
A semana passada foi particularmente difícil pois quando se conduz de noite e se tem que dormir de dia assim nestas condições o cansaço acumula-se e deseja-se a chegada a casa para pôr o sono em dia... 
Nada como chegar a casa... fazer o essencial e carregar baterias a fazer aquilo que nos relaxa...
Comigo funciona sempre que vou cozinhar... e sempre que fico na cama a saborear a luz do dia... depois do pequeno almoço...
Hoje saímos da rotina com um delicioso Salmão aromatizado com laranja e crosta de amêndoas...



Ingredientes (para dois):
2 lombos de salmão pequenos 
2 laranjas
1 molho de espargos
100g de pão ralado
100g de amêndoas moídas
50g de amêndoas laminadas
1 dente de alho
umas folhas de manjericão
azeite virgem extra q.b.
sal q.b.
1/2 lima 



Preparação:
Retirar as espinhas ao salmão, lava-lo e seca-lo.
Lavar e secar as laranjas.
Ralar a casca e espremer o sumo.
Juntar a raspa e o sumo de laranja e incorporar-lo ao salmão e deixar-lo a macerar duas horas no frigorífico.
Limpar os espargos, lavar-los e cozer-los em agua salgada por 3 minutos.
Escorrer e colocar-los num recipiente com agua e gelo para parar a cozedura e manter a sua cor verde.
Descascar o alho e pica-lo bem fininho.
Lavar e secar também as folhas de manjericão. Pica-las também finamente. Misturar ambos num recipiente com o pão ralado, a amêndoa moída e duas colheres de sopa de azeite virgem extra, mexer ate obter uma pasta.
Pré aquecer o forno a 200ºC 
Escorrer o salmão, seca-lo com papel de cozinha.
Colocar o salmão num recipiente que possa ir ao forno forrado com papel vegetal e cobrir cada lombo de salmão com a pasta anterior.
Repartir as amêndoas laminadas e levar ao forno por 10 minutos.
Servir acompanhado com os espargos e uns quartos de lima.




Resultou numa refeição deliciosa e bem aromática... 
Gostei bastante da crosta crocante...
E os espargos casam na perfeição com este prato de salmão.
Uma maneira simples e saborosa de sair da rotina...
A repetir sem duvida...
A sugestão veio da revista Cocina Fácil nº 241 da Lecturas.
O chef gostou bastante...
Entretanto já iniciamos mais uma semana... e mais uma vez as nuvens continuam... no nosso caminho... a ver vamos...
Um grande abraço nosso e até ao regresso..

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Coisas simples e saborosas para dias onde reina a preguiça...

Bom dia com alegria...
De vez em quando... quase que vejo os dias passarem devagarinho...
Os dias e as noites mais parecem anos... em câmara lenta...
Talvez o cansaço tenha culpa... talvez as viagens tenham culpa...
O certo é que de vez em quando os dias de trabalho passam a ter 21h... e desejas que chegue a hora de dormir... ou de simplesmente nada fazer...
Este mês é sem duvida um mês muito complicado para trabalhar por terras Francesas.
Muitos feriados significam muitas horas sem poder conduzir e muitas horas a dormir de dia... e se a isso juntares o regresso do calor resultam viagens complicadas...
E sempre que há viagens complicadas regressam as viagens urgentes... Enfim... 
Bom bom é mesmo chegar a casa... tomar um bom banho... e preparar refeições fáceis... rápidas e que nos alimentam a alma e o estômago...
Por isso hoje há Fideos com bacalhau... uns cotovelinhos deliciosos perfeitos para recarregar baterias....




Ingredientes (para dois):
2 postas de bacalhau
1 cebola
2 tomates maduros
1 cenoura
1 pimento vermelho
fideos q.b. (cotovelinhos)
1 colher de sopa de pimentão doce
sal e pimenta de moinho a gosto
azeite virgem extra
salsa




Preparação:
Cozer o bacalhau em abundante água.
Retirar o bacalhau e deixar ferver a água da cozedura até espessar.
Reservar.
Num tacho aquecer um fio de azeite virgem extra e refogar a cebola picada em lume brando.
Juntar a cenoura e o pimento vermelho também picados.
Deixar cozinhar por 4 minutos.
Incorporar o pimentão doce e os tomates triturados.
Deixar evaporar os líquidos até obter um refogado bem seco.
Juntar os fidos e acrescentar a água da cozedura bem reduzida.
Quando os fideos estiverem cozidos (segundo as instruções da embalagem) juntar o bacalhau limpo de espinhas e em pedaços.
Temperar a gosto com sal e pimenta de moinho.
Mexer e deixar cozinhar por mais 6 minutos.
Retirar do lume e servir polvilhado com salsa picada.



Resultou numa saborosa refeição.
Gostei bastante deste casamento...
É super fácil de fazer e tem um sabor fantástico.
A receita original é dos Irmãos Torres e é feita com polvo.
Assim que a vi imaginei que ficaria super bem com bacalhau e acertei em cheio. Mas com toda a certeza também a vou experimentar com polvo.
Esta sugestão é perfeita para levar na marmita...

E assim vamos nós por aqui...
Esperando que chegue o fim de semana para carregar baterias e conjugar o verbo preguiçar.... 
Um grande abraço nosso e até breve...

terça-feira, 24 de abril de 2018

Novas rotinas... novas experiências... e um pastel delicioso...

Bom dia com alegria....
E assim num abrir e fechar de olhos os dias vão passando...
Apesar dos dias serem de sol e algum calor as noites continuam frias... 
Uns dias as nuvens dão o ar da sua graça noutros o sol faz procurar aqui no camião as roupas mais leves...
Assim sendo... por aqui ainda andamos acompanhados com as duas estações.... mais vale prevenir que remediar...
As viagens continuam... os destinos mudaram um pouco... e damos inicio a novas rotinas... 
Um dia andamos de noite... no dia seguinte andamos de dia... e assim sucessivamente...
Um dia conduzimos na calmaria da noite... no outro desesperamos com as asneiras dos outros e desejamos a lua como companhia....
Enfim... desabafos de quem anda de um lado para o outro... num circulo vicioso...
Anseio a chegada dos fins de semana para esquecer toda a confusão e carregar baterias...
E nada melhor que fazer terapias na cozinha... e experimentar coisas novas...
Por isso hoje temos um delicioso Pastel de cabracho... perfeito para partilhar em dias especiais e não só...








Ingredientes:
500g de cabracho 
6 gambas descascadas
4 ovos
2 tomates
salsa
125ml de nata liquida
manteiga
sal e pimenta de moinho
ovas de salmão
tostas com passas 
brotes verdes
maionese
cebolinho




Preparação:
Lavar e tirar a pele aos tomates.
Retirar as espinhas e a pele ao peixe. Cortar em pedaços e lava-lo. Triturar ambos com as gambas uns minutos até obter uma mistura lisa e homogénea.
Partir os ovos, separando as gemas e as claras.
Incorporar as primeiras, junto com a nata, à mistura do peixe e bater com uma vara de arames até que se incorporem.
Temperar com um pouco de sal, pimenta de moinho e a salsa. Mexer bem.
Montar as claras em castelo e envolver-las à mistura.
Pré aquecer o forno a 180ºC.
Barrar um molde com manteiga e cobrir o fundo com papel vegetal.
Verter a mistura e cozer no forno, em banho maria, por 20 minutos.
Deixar arrefecer e desmoldar.
Servir com os brotes verdes, as ovas, as tostas com passas, um pouco de maionese e o cebolinho picado.



Resultou numa saborosa e bonita entrada.
Um casamento perfeito... pois todos os ingredientes combinam na perfeição.
As ovas de salmão foram um capricho que valeu a pena cada centavo... 
A receita original veio da revista "Cocina Fácil" nº 238 e já estava debaixo de olho faz tempo pois é um prato que adoro comer por cá e queria experimentar.
Na receita não mencionavam se o cabracho era utilizado cozido ou cru, e depois de pesquisar um pouco decidi coze-lo e utilizar depois. Decidi também juntar as natas e das gemas e só depois triturar com a varinha mágica para facilitar a mistura. Resultou bastante bem...
Na hora de comprar as ovas, não encontrei as ovas de truta e trouxe as que havia que eram as de salmão que apesar do elevado preço fizeram a diferença.
Fiquei muito feliz com o resultado final...
Para a próxima utilizarei um molde mais pequeno e mais alto... ;)
A cara metade elogiou e saboreou e eu fiquei com um grande sorriso de orelha a orelha...
Uma excelente sugestão para dias de festas.
Pode-se fazer no dia anterior e guardar no frigorifico.
E assim se vai passando o tempo... carregando e descarregando as baterias....
Um grande abraço nosso e até ao regresso...

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Panquecas para começar bem o dia....

Bom dia com alegria....
Parece... que os dias de sol regressaram...
A verdade é que já tinha saudades destes dias... vocês não?
Adoro despertar-me pela manhã... abrir a janela... deixar os raios de sol entrar e voltar para a cama...
Normalmente isto só acontece aos fins de semana mas uma que outra vez isso acontece a meio da semana... e ontem foi dia de preguiçar...
Se juntarmos a isso a vontade de mimar a cara metade que acabou de completar mais um aniversario... temos os ingredientes necessários para um pequeno almoço com Panquecas de iogurte e tangerinas... 




Ingredientes:
1 iogurte natural
1 ovo
3 colheres de sopa de açúcar

8 colheres de sopa de farinha 
1 colher de chá de fermento
50ml de leite

raspa e sumo de 2 tangerinas
1 colher de sopa de óleo vegetal
maple syrup
mirtilos

framboesas
2 tangerinas
folhas de hortelã 




Preparação:
Misture bem o iogurte com o açúcar e junte-lhe o ovo misturando bem.
Junte depois a farinha e o fermento e incorpore o leite pouco a pouco até obter uma mistura grossa e homogénea sem grumos.
Junte o óleo e misture bem.

Acrescente as raspas e o sumo das tangerinas.
Leve uma frigideira anti aderente ao lume e unte-a ligeiramente.
Coloque colheradas de massa para formar as panquecas do tamanho que desejar.
Quando começarem a formar bolinhas à superfície estão prontas a virar.

Decore com rodelas de tangerina, mirtilos, framboesas e algumas folhas de hortelã e sirva regadas com maple syrop.



Gosto particularmente destas panquecas... são muito saborosas e muito versáteis...
Desta vez resolvi dar-lhes o toque das tangerinas.... e ficaram muito saborosas...
Começar os dias com panquecas só pode ser bom sinal... 
E depois de um descanso cheio de mimos e de carregar baterias... damos continuidade as viagens...
Na bagagem começa a fazer falta a roupa leve... mas disso tratamos no próximo fim de semana... :)
Um grande abraço nosso e até ao regresso...