terça-feira, 27 de novembro de 2012

Menu de um Fim de Semana com muito vento...

O trabalho por estes lados tem sido intenso... trabalhoso... cansativo... e quase sempre fora de horas...
A chegada do fim de semana é sempre motivo para alegria...
Uma alegria que simboliza descanso... afectos... e tempo... muito tempo...
Tempo para fazer tudo... e tempo para fazer nada... literalmente...
Estar em casa.... nem que seja esta de 12 rodas... e desfrutar da companhia daquele que ocupa o meu coração... é sem dúvida o melhor presente... e a melhor carga para conseguir semana após semana facturar asfalto...
Este fim de semana foi assim mesmo... na rotina... no descanso... e na minha cozinha de 12 rodas... de onde saiu mais um delicioso Menu de Fim de Semana.... que apesar de estar em terras francesas... tem inspiração italiana... 




Entrada : Fatias de Brie frito com salada de lentilhas



Ingredientes:
1 fatia de queijo Brie
1 ovo
60g de farinha (usei Maizena)
100g de lentilhas cozidas
1 cenoura
½ cebola roxa
¼ pimento verde
cebolinho fresco q.b.
sal
pimenta moída
sálvia picada
azeite q.b.


Preparação:
Cortar a cenoura e o pimento em pedaços pequeninos. Reservar.
Numa saladeira colocar as lentilhas, a cenoura e o pimento. Juntar a cebola cortada em juliana e um pouco de cebolinho picado.
Temperar de sal, pimenta moída e a sálvia picada.
Reservar.
Cortar a fatia de Brie em pequenos pedaços. Passá-los por farinha e ovo batido.
Aquecer uma sertã com azeite suficiente para fritar o queijo.
Depois de o queijo estar frito colocá-lo sobre papel absorvente.
Servir o queijo brie com a salada de lentilhas.


Prato principal: Atum fresco com molho de coentros


Ingredientes:
1 rodela de atum fresco
sal
azeite
1 molho de coentros
1 cebola roxa
pimenta de moinho
feijão verde
brócolos


Preparação:
Num recipiente picar a cebola roxa e os coentros.
Acrescentar azeite a gosto.
Temperar com pimenta moída e reservar no frigorífico até a hora de servir.
Cortar o feijão verde a meio e os brócolos em pequenos ramos.
Numa panela com água a ferver e um pouco de sal, cozer os legumes por 5 minutos. Reservar.
Aquecer uma sertã.
Temperar o atum com sal.
Quando estiver bem quente colocar o atum a grelhar até ficar cozinhado e dourado.
Servir acompanhado com os legumes cozidos e o molho de coentros.


Sobremesa: Potinhos de arroz doce e compota de abóbora


Ingredientes:
75g de arroz
½ l de leite
essência de baunilha
3 colheres de sopa de açúcar
100g de abóbora
4 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa de manteiga
4 colheres de sopa de agua
tomilho
sálvia
mistura de 5 pimentas
canela moída


Preparação:
Leve ao lume uma panela com o leite, a essência de baunilha e o açúcar.
Quando ferver acrescente o arroz e deixe cozinhar em lume brando até o arroz estar cozido (25min aproximadamente).
Numa sertã colocar a abóbora cortada em pedaços, a manteiga, o açúcar e a água.
Temperar a gosto com o tomilho, a sálvia e as pimentas.
Levar ao lume e deixar cozinhar por 20 minutos, mexendo de vez em quando.
Deixar arrefecer.
Distribuir a compota pelos potinhos e terminar com o arroz doce.
Polvilhar com canela em pó.
Reservar no frio até a hora de servir.
 

Resultou num delicioso e equilibrado menu.
A inspiração veio da revista Italiana "Oggi Cucino"do mês de Novembro... com um menu saboroso e equilibrado...
Gostei da combinação do queijo brie quente com a salada fria... simplesmente fantástico...
A sugestão do peixe foi fruto da visita à peixaria...
O atum estava super fresco e a chamar por mim... e como tal lá veio....
Como não tenho forno aqui em 12 rodas.... saiu atum grelhado... 
O atum é um pouco seco... e o molho deu-lhe uma consistência  perfeita...
Já a sobremesa foi ligeiramente modificada.
A original  pedia arroz doce com compota de marmelos... e eu não tinha marmelos... hehheeh.... tinha abóbora e assim nasceu esta versão...
Gostei bastante do sabor da compota... que foi o sabor que se destacou....
E assim se recarregou baterias para mais uma semana...
O frio e a chuva finalmente cruzaram-se com o nosso caminho... por isso vamos juntos para Angers numa viagem urgente.... vamos ver quem lá chega primeiro... hhehhehe....
Um grande abraço nosso e até ao regresso.... cuidado com o frio... agasalhem-se...

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Um petisco... crocante...

Ter um blog de culinária para mim está a ser uma experiência fantástica...
Nada é como antes... ;) e ainda bem...
Sem dúvida aprendemos coisas novas... descobrimos novos horizontes... e experimentamos coisas que nunca imaginaríamos que ficassem a fazer parte do nosso dia a dia...
E a juntar a tudo isso... criam-se "amizades virtuais" fantásticas... muitas delas que eu gostaria de passar para a realidade... ;)
Tudo gira em função da comida e da amizade... ou não fosse esta última uma desculpa perfeita para experimentar coisas novas...
Movemos tudo o que está à nossa volta para conseguirmos uma partilha perfeita que nos deixa com um sorriso de orelha a orelha...
Isto tudo para contar que um destes dias estava eu nas minhas lides de 12 rodas quando gentilmente mandei a minha cara metade dar uma volta... heheheh....
Ele lá foi... contente claro... explorar novas amizades...
Quando voltou... trouxe novidades para mim...;)
Enquanto falava com um colega camionista espanhol  que estava a fazer o almoço, que por sinal tinha muito bom aspecto...a minha cara metade estava atento... por um lado ouvia o colega e por outro registava mentalmente a receita...." A Susana vai adorar este petisco..." pensou ele...
Eu de tanto ouvir a cara metade falar... tinha que as experimentar... e claro superar-las... 
E assim nascem estas deliciosas Beringelas crocantes e aromáticas com molho de iogurte e menta... num fim de semana em boa companhia... onde a tradição se cumpriu...



Ingredientes:
1 beringela
farinha maizena q.b.
sal q.b.
pimenta preta q.b.
ervas aromáticas
tomilho
aneto
basilico
azeite q.b.



Para o molho:
1 iogurte grego
1 colher de sopa de azeite
5 folhas de menta
2 dentes de alho
pimenta preta moída
sal
um pedacinho de alho françês
um pedacinho de pimento vermelho



Preparação:
Cortar a beringela em fatias bem finas.
Num recipiente colocar a farinha, o sal, a pimenta moída, as ervas aromáticas, o tomilho, o aneto e o basílico. Agitar.
Passar cada rodela de beringela pela mistura de farinha e reservar.
Aquecer uma sertã com azeite. Quando estiver bem quente fritar as rodelas de ambos os lados e colocar-las sobre papel absorvente. Reservar.
Para o molho, misturar o iogurte com o alho finamente picado.
Juntar o azeite e temperar com sal e pimenta moída.
Incorpore a menta finamente picada, um bocadinho de pimento vermelho picado e um bocadinho de alho francês às rodelas.
Guardar no frigorífico até servir.


Resultou num petisco delicioso... E o molho... perfeito... com um aroma inconfundível...
Claro que a cara metade adorou... e isso deixou-me com um sorriso... de orelha a orelha...
Afinal... se sua majestade gosta... significa alguma coisa...
A receita do molho foi ligeiramente modificada de uma do livro "Saturday night cooking, 80 recettes pour faims de week-end" da Aubanel. Um livro cheiinho de coisas fantásticas.
A farinha que tinha por aqui era a maizena e depois de ver as instruções na embalagem, decidi experimentar... acabando por lhe dar uma aroma diferente com as especiarias... gostei bastante...
Resta agradecer ao meu espião... pela boa receita... pelo carinho... e toda a paciência...
Espero que gostem da sugestão de hoje...
Um grande abraço nosso e até à volta...

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Uma dourada diferente...

A rotina volta-se a instalar...
O frio regressa... ou pelo menos vamos na mesma direcção...
De Itália trouxe a barriga cheia de massinhas... 
Literalmente tirei a barriga de misérias... hehehhe...
Trouxe também algumas ideias que andei a coscuvilhar nos imensos livros de culinária italianos...
Consegui enganar a cara metade e de lá veio mais um livro... ;)
A sugestão de hoje é simples... saudável... e cheia de sabor...
Dourada com molho de sidra... numa refeição inesperada... no meio do mau tempo...


Ingredientes:
1 dourada grande limpa 
3 batatas
1 cebola 
2 dentes de alho
sal q.b.
pimenta moída q.b.
1 tomate grande maduro
1 alho francês
1/2 pimento vermelho
2 folhas de louro
tomilho picado
aneto picado
azeite
1 copo de sidra



Preparação:
Cortar às rodelas as batatas, a cebola e o tomate. Reservar.
Cortar em juliana o alho françês e o pimento vermelho. Reservar.
Numa panela colocar em camadas a cebola, as batatas e o alho cortado finamente.
Colocar por cima a dourada e depois o tomate, o alho françês e o pimento vermelho.
Temperar com sal, pimenta, as folhas de louro, o tomilho e o aneto.
Regar com um fio de azeite e a sidra.
Tapar a panela e levar ao lume brando.
No meu caso utilizei a panela de pressão e levou apenas 20minutos.



No meio de tanto frio e um chove que não chove... decidi-me por-me à aventura...
Em pouco tempo preparei tudo... levei ao lume e deixei a minha panela de pressão fazer o resto...
Fui para o quentinho e depois foi só desfrutar...
Claro que a tarefa de lavar a loiça ficou para o dia seguinte... ou no outro a seguir... não me lembro... ;)
Gostei do sabor... e o molho estava delicioso...
A sugestão da sidra resultou pois estava em França  a procurar vinho branco para cozinhar e assustei-me com o preço... e claro no fim veio uma garrafa humilde de sidra... que fez as delicias desta dourada...
A repetir...
E assim se vai andando...
Um grande abraço nosso e até à volta... ;)