segunda-feira, 27 de junho de 2011

Bifes de porco com courgette e molho de mostarda

Mais uma sugestão vinda do delicioso livro " Cuisine au Wok" da Fioreditions.
Combinando uns normais bifes de porco... uma fresca courgette... e a famosa "moutarde à l'ancienne" ( da qual ficamos fãs... ;) ) surgem estes modernos bifes de porco com courgette e molho de mostarda...
que vieram alegrar mais um dia de trabalho...



Ingredientes:
4 bifes de porco
sal  q.b.
pimenta preta moída q.b.
sumo de 1 limão
ervas aromáticas q.b.
cebolinho q.b.
1 courgette
1 cebola
1 pimento verde
1 dente de alho
azeite q.b.
3 colheres de sopa de mostarda à antiga
1 colher de mel
1 pacotes de natas espessas



Preparação
Temperar os bifes com o sal, a pimenta preta moída, o sumo de limão e as ervas aromáticas.
Deixar repousar por 30 minutos.
Aquecer uma sertã e assim que estiver bem quente juntar 1 fio de azeite.
Deixar aquecer.
Cozinhar os bifes de porco em lume forte virando-os de vez em quando.
Retirar da sertã e reservar.
Cortar a courgette às rodelas.  Aquecer um fio de azeite na sertã e cozinhar as rodelas de courgette até ficarem douradas. Reservar.
Aquecer um fio de azeite na sertã, juntar o alho cortado às rodelas finas, a cebola cortada às meias luas e o pimento verde cortado em juliana.
Cozinhar em lume brando 3 a 4 minutos, mexendo de vez em quando, até a cebola ficar tenra.
Retirar do lume e reservar.
Reduzir o lume e juntar na sertã um fio de azeite, a mostarda, o mel e as natas.
Mexer um pouco para misturar os ingredientes.
Deixar apurar o molho 3 a 4 minutos.
Incorporar a courgette, a cebola e os pimentos, e os bifes.
Rectificar temperos e polvilhar com cebolinho picado.
Acompanhei com arroz branco.


Resultou bastante bem...
A junção dos sabores foi soberba...
De comer e chorar por mais... mesmo sabendo que o "peso da consciência" vai estar em alta...
A cara metade gostou e eu também...
A repetir com outros legumes.... heheheh...
Um grande abraço nosso e até breve...
Nós vamos ali e já voltamos.... ;)

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Panna cotta de limão e pêssego

Eu adoro navegar pelo fascinante mundo que é a blogosfera....
Adoro visitar as outras cozinhas.... Saber novidades.... Buscar inspirações.... 
Na verdade esta rotina já se tornou um hábito ;) sempre que o tempo o permita... claro...
Numa dessas viagens encontrei esta deliciosa sugestão... panna cotta de limão e morangos.....
Já fazia muito tempo que as panna cottas estavam na minha lista do " quero fazer...."
Pelas fotografias imaginava algo delicioso... mas para dizer a verdade não sei porquê que ainda não tinha experimentado....
Algo que mudou depois de ler a sugestão da Suzana... 
Consoante lia a receita fui-me apercebendo que tinha comigo todos os ingredientes...
E porque não?...
Não podia desperdiçar esta oportunidade...
Pus mãos à obra e o resultado não podia ser melhor....
Uma deliciosa panna cotta de limão e pêssegos...


Pois.... os morangos deram lugar aos pêssegos que foi a fruta que sobrou... na despensa das 12 rodas ;)
Quando tiverem ideia de fazer algo especial partilhem com a vossa cara metade... se não acontece que... quando forem buscar os morangos... niente.... rien... nada de nada... nem um para amostra....
Ninguém o avisou que os morangos eram para a panna cotta.... hehehheh....

Ingredientes:

3 iogurtes gregos 
300ml de nata ligeira
60g de açúcar
1 tira de casca de limão com 10cm
1 colher e meia de chá de gelatina
2 pêssegos
açúcar q.b.
canela em pó q.b.
vinho do Porto q.b.



Preparação
Colocar as natas e o açúcar numa caçarola e mexer.
Juntar a casca de limão e aquecer em lume brando até o açúcar dissolver (sem ferver). 
Retirar a casca de limão e reservar.
Deitar a gelatina numa tigela pequena e misturar com 1-2 colheres de água fria. 
Adicionar à mistura de natas e açúcar, mexendo bem. 
Envolver os iogurtes sem bater. Verter para os copos sem os encher. 
Cobrir e refrigerar pelo menos 6 horas ou de um dia para outro. 
Lavar e cortar aos pedaços os pêssegos.
Polvilhar com o açúcar, a canela moída e o um pouco de vinho do Porto. Levar em lume brando até o molho se reduzir. 
Antes de servir retire as panna cotta do frio e encha os copos com os pêssegos.



Resultou muito bem... Aprovadíssimo....
Adorei o sabor refrescante do limão... E a fruta combina na perfeição...
Consegui surpreender-me.... 
Fiquei fã.... agora vou querer repetir... e repetir... e experimentar novas panna cottas...
Divirtam-se muito nesta noite quente de Verão...
Um grande abraço nosso e até breve...

terça-feira, 21 de junho de 2011

Grão de bico com sabor a Asturias.... para Isabel....

Isabel foi a minha primeira seguidora Espanhola...
Foi uma agradável surpresa confesso...
Ver a nossa cozinha além fronteiras é sem dúvida fantástico...
Por isso não podia deixar de participar com alegria neste concurso de Isabel... 


1000 seguidores é sem dúvida um número muito especial...
E o tema " A tua receita Asturiana" é uma excelente maneira de o celebrar...
Astúrias é uma região com uma cultura gastronómica própria... toda ela de se tirar o chapéu...
Junto com as suas paisagens, fazem de Astúrias um sítio obrigatório para quem deseja conhecer os segredos guardados deste "reino" vizinho...
Recomendo sem sombra para dúvida...
Depois de viajar pelas imensas receitas Asturianas e depois de consultar a "despensa de 12 rodas" decidi participar com uma sugestão saborosa.... aqui está um delicioso cozido de grão de bico com sabor Asturiano...


Ingredientes:

1 embalagem de preparado de carnes para cozido Asturiano
(1 pedaço de carne de vaca, 1 chouriço Asturiano, 1 morcela Asturiana, 1 osso de vaca fresco, 1 pedaço de toucinho de porco Ibérico salgado,1 pedaço de presunto)
cogumelos frescos laminados
azeite virgem extra
5 dentes de alho
pimenta preta moída
tomilho
2 folhas de louro
1 cebola
1 tomate maduro
2 cenouras
1 molho de espinafres
500g de grão de bico cozido


Preparação:
Cozer as carnes em abundante água com 3 dentes de alho, um pouco de pimenta, um pouco de tomilho e as folhas de louro.
No meu caso demorou +/- 1h em lume brando.
Assim que estiverem tenras desligar e reservar a água de cozedura.
Cortar em pedaços pequenos e reservar.
Num tacho levar ao lume o azeite, a cebola picada e os restantes dentes de alho picados.
Deixar refogar até a cebola ficar transparente.
Adicionar o tomate, sem peles e sem sementes, cortado em pedaços e mexer.
Deixar cozinhar 2 minutos.
Juntar as cenouras cortadas às rodelas, os cogumelos laminados e acrescentar um pouco de água da cozedura das carnes.
Tapar e cozinhar por 10 minutos. 
Decorrido esse tempo juntar o grão de bico cozido e as carnes.
Deixar ferver e rectificar os temperos.
Se necessário juntar sal. No meu caso não foi necessário.
Lavar e picar grosseiramente os espinafres.
Junte-os ao cozido e deixe cozinhar aproximadamente 5 minutos.
Sirva quente... 


Resultou numa reconfortante refeição que apesar de estarmos a dar as boas vindas ao Verão... aqui pelos lados da Cantábria soube de maravilha...
Os produtos Asturianos fizeram toda a diferença nesta receita.
Eu comprei-os aqui mesmo na Cantábria... ;)
E com um sabor na boca de Astúrias vos desejo um feliz dia de Verão...
Um grande abraço nosso e até breve...

Isabel: me izo mucha ilusión participar en tu concurso...
Yo e mi media naranja, nos quedamos con un sabor en la boca de Asturias... 
Me encantó los productos de tu tierra... hicieran toda la diferencia...
Espero que te guste estos garbanzos con espinacas a mi manera... 
Gracias por tu cariño e enhorabuena por tus 1000 seguidores... 
Perdona si algo esta mal escrito ... es más fácil hablar que escribir.... hehehheh
Besos....

domingo, 19 de junho de 2011

Quiche de sobras e legumes... no cesto do capuchinho vermelho...

Era uma vez uma menina muito querida que decidiu visitar a sua querida avózinha...
No seu cesto levava um "montão" de coisas deliciosas...
Deliciosas e tentadoras... 
Mas este moderno capuchinho vermelho já conhecia todos os perigos que podia encontrar pelo caminho e resolveu pôr em prática todo um plano de defesa...
Se não consegues vencer os teus inimigos... junta-te a eles... 
Por isso levava no seu cesto algo gostoso para o sr. lobo mau.... umas deliciosas fatias de quiche de sobras e legumes... 


E com esta táctica de sobrevivência o capuchinho vermelho deixou o lobo mau com a barriguinha cheia todo satisfeito a dormir a sua cesta e conseguiu assim chegar ao seu destino com os seus tesouros intactos.
Seguiram-se momentos de saborosa partilha.... 
Tranquilamente as duas puderam desfrutar de todas as deliciosas sugestões trazidas no seu bonito cesto...

Ingredientes:

1 base de massa folhada
1 cebola roxa cortada em meias luas
2 pimentos verdes cortados em juliana
2 cenouras cortadas em juliana
8 tomates cherry 
resto de carnes grelhadas ( espetadas de frango, chouriças frescas e barriguinhas)
azeite q.b.
sal e pimenta preta moída 
ervas aromáticas
queijo feta q.b.
1 pacote de nata ligeira
cebolinho q.b.


Preparação:
Untar uma forma de tarte com manteiga e forrar com a massa folhada.
Numa sertã aquecer um fio de azeite e juntar a cebola. Cozinhar 2 minutos até a cebola ficar tenra.
Juntar os pimentos e as cenouras. Deixar cozinhar 5 minutos.
Juntar os tomates partidos ao meio. Cozinhar por 2 minutos.
Juntar as carnes cortadas aos pedaços, temperar com sal, pimenta e as ervas aromáticas.
Deixar incorporar.
Deitar o preparado na tarte.
Polvilhar com o queijo feta desfeito em pedaços.
Deitar as natas por cima e polvilhar com o cebolinho.
Levar ao forno durante 35 minutos.
Servir morno...

Esta sugestão foi inspirada nesta. Os ovos que tinha em casa já tinham passado de validade e vi-me forçada a substituir os ovos pelo que tinha em casa à mão... as natas...
Resultou muito bem... Ideal para reciclar sobras de carne.
Depois de guardar umas belas fatias para a querida avózinha este foi o nosso jantar. Acompanhei com uma divertida salada verde...
A cara metade gostou bastante... 

E com esta sugestão participo no desafio de aniversário do blog receitinhas da belinha gulosa.... 
Quatro anos de excelentes sugestões...
Que venham muitos mais e cheios de saborosas partilhas....
Beijinhos nossos e até breve...

terça-feira, 14 de junho de 2011

Trofie com bacalhau e pesto

Depois de um fantástico fim de semana em duas rodas... a rotina instala-se cá por casa...
E isso significa lavar... secar... e passar a ferro... uma verdadeira faina onde o tempo é um bem precioso...
Tempo esse que é minuciosamente controlado para concluir com satisfação tudo aquilo que me propus fazer nestes dias que antecedem a rotina em doze rodas...
De uma das nossas viagens por Itália veio uma embalagem de Trofie e um potinho de Pesto de basilico genovês...
À já bastante tempo que estava para experimentar esta massa... e hoje foi a oportunidade perfeita para prepara-la...
Por isso aqui esta um delicioso trofie com bacalhau e pesto...


 Ingredientes:
trofie  q.b.
4 colheres de sopa de pesto de basilíco
1 posta grande de bacalhau demolhado
6 tomates cherry 
2 dentes de alho
azeite
sal q.b.
pimenta preta moída q.b.
oregãos q.b.
queijo feta a gosto
cebolinho q.b.

Preparação:
Cozer o trofie em abundante água e sal durante 20 minutos.
Cozer o bacalhau, retirar as espinhas e reservar.
Numa frigideira colocar um fio de azeite e os alhos fatiados.
Deixar cozinhar 2 minutos mexendo sempre.
Colocar os tomates cortados em dois e cozinhar por mais 2 minutos.
Acrescentar o bacalhau e deixar incorporar.
Temperar de sal, pimenta e oregãos.
Juntar o pesto e mexer para se incorporar.
Retirar do lume e polvilhar com o queijo feta e o cebolinho.
Servir de imediato... 



A mistura de sabores foi perfeita...
Em pouco tempo estava o almoço preparado...
Apesar de o aspecto não ser como o italiano... o sabor esse estava todo lá...
Bem... vou continuar com a minha "faina"
Um grande abraço nosso e até breve...

domingo, 5 de junho de 2011

Mini cheesecake de iogurte grego e morangos

Viajar pela Alemanha nesta altura do ano é sem dúvida viajar por entre produtos biológicos de uma qualidade fantástica... Entre muitos podemos encontrar os morangos... de um vermelho maravilhoso...
Nesta viagem a minha cara metade parou o camião mesmo ao lado do produtor e comprou 2 caixinhas de morangos...  
E lá veio ele com o presente e um pedido...
" Faz uma daquelas sobremesas maravilhosas..."
O recto era bem difícil...e dei por mim a pensar..." habituei-o agora não tens outro remédio...."  ;)
E enquanto esperávamos para carregar... coisa que só acontecia no dia seguinte... pus mãos à obra...
Morangos... bem... se eu estivesse em casa ... pois... mas não estou...
A única certeza que possuía  era que tinha que surpreender alguém especial...
E sem dúvida a imaginação não tem limites...
Prova disso é este delicioso mini cheesecake de iogurte grego e morangos... feito em 12 rodas...
De uma garrafa vazia de água fiz dois moldes individuais... e com uma tigela e um copo fiz um pilão...
E o resultado não podia ter sido mais compensador...
A cara metade satisfeita e feliz...


Ingredientes:
bolachas integrais de soja q.b.
manteiga derretida q.b.
1 iogurte grego de framboesa
2 folhas de gelatina
morangos q.b. ( reservar 8 para a decoração)
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de chá de canela moída


Preparação
Triturar as bolachas e reservar.
Juntar a manteiga derretida.
Encher os moldes individuais com este preparado. Apertar com uma colher.
Mexer o iogurte grego e juntar as folhas de gelatina previamente demolhadas em água fria e dissolvidas num pouco de água quente.
Deitar sobre a base e levar ao frigorífico.
Numa panela colocar os morangos lavados e cortados em pedaços junto com açúcar e a canela moída. Deixar repousar por 15 minutos.
Levar ao lume brando até obter o ponto desejado e reservar.
Na hora de servir retirar o molde e decorar com 4 morangos inteiros e acompanhar com o colis de morangos.


Como não tinha no momento as folhas de gelatina resolvi pôr os moldes no congelador para solidificar um pouco... 
Neste caso não ficou o tempo suficiente.... pois a ansiedade e a curiosidade falaram mais alto...
Mas mesmo assim o resultado final foi.... missão cumprida...
Depois deste tesouro o que se seguirá?
Um grande abraço nosso e até breve...